terça-feira, 2 de agosto de 2011

Pensamentos - 9

Dentro de mim as raízes
Desta nova vida tomam forma

A certeza da futilidade de me dar
A certeza de ter dado mais que o merecido

Anseio por
Deixar de ter os olhos rasos de água a cada instante
Deixar de recordar em cada esquina,
Deixar de cheirar a cada recanto

5 comentários:

LLOURENZO disse...

Temos que viver a vida que a vida nos dá!

Nonsense disse...

não acredito em nada imposto
Sou humana
Gosto de moldar a realidade

LLOURENZO disse...

Gostei:)))

Arroba disse...

Gostei! Encaixa-se que nem uma luva. Não fica mais nada por dizer! Talvez porque tb eu sinta assim!

Nonsense disse...

A nossa condição de sonhadoras crédulas :)

Será de tantas histórias de príncipes de cavalo branco e collants?